THE HUG PROJECT

( BRASIL|NEPAL|BÉLGICA )

A performance “THE HUG PROJECT Brasil / Nepal” foi idealizada por Tania Alice depois dos terremotos que ocorreram no Nepal nos dias 25 de abril e 2 de maio de 2015.

 

A performance surgiu de um sentimento de impotência da performer diante dos acontecimentos trágicos e dos desvios das doações internacionais pelo governo nepalês após a catástrofe natural. O que poderia-se fazer para manifestar solidariedade internacional e que não possa ser desviado?

 

“Escolha um abraço de 5, 10 ou 15 minutos. Venha me entregar o seu abraço. Dia 5 de julho, estarei embarcando para o Nepal e irei entregar pessoalmente o abraço para o destinatário que você escolheu ou visualizou durante o abraço".

 

Estes foram os dizeres de um cartaz que a performer carregou por 5 semanas seguidas. Sentada em praças, salas de espera, transportes públicos, em festivais e em reuniões diversas, a performer foi coletando abraços longos. Após cada abraço, a pessoa podia escolher a pessoa a quem o abraço era destinado. Às vezes, era uma visão que a pessoa tinha tido durante o abraço (“eu vi um menino de sete anos com roupa verde”), às vezes era uma escolha racional (“quero que meu abraço seja entregue para uma senhora de 70 anos, uma criança, uma mãe, etc.). Desta forma, durante o mês de maio e junho de 2015, a performer coletou 605 minutos de abraços de brasileiros para 124 destinatários moradores do Nepal.


No dia 5 de julho, Tania Alice embarcou para o Nepal, com as fotos impressas dos remetentes dentro de envelopes, prestes a serem entregues para os seus destinatários. No Nepal, com a ajuda de um artista/tradutor local, ela foi, a pé, de ônibus, van ou scooter procurar os 124 destinatários nessa missão. Ela encontrou as crianças, grupos, idosos, adultos nas mais diversas regiões do país, por vezes morando debaixo de barracas feitas de sacolas de plástico, ensanguentados, famintos, doentes, tendo perdido família e casa. Alguns abraços também foram entregues as plantas e aos animais a quem eram destinados. A cada abraço entregue, a performer enviava uma foto para o remetente confirmando a entrega do seu abraço. Tania Alice voltou para o Brasil em 5 de agosto de 2015, após ter feito os 124 abraços chegarem aos seus destinatários.


Após sua volta, ela realizou com a ajuda da designer e programadora visual Vanessa Bittencourt um jogo da memória que associa as fotos de quem entregou o abraço e quem o recebeu, materializando de forma lúdica o fato de que a conexão ajuda a superar qualquer trauma.

----------

A performance “THE HUG PROJECT Bruxelas" foi realizada após os atentados em Bruxelas por atores do Royal Court Conservatory e do Master em Artes do Espetáculo da Universidade Livre de Bruxelas. O espetáculo performativo foi apresentado no Teatro Nacional de Bruxelas. 

Follow PsF | PwB

plataforma PsF

Performers sem Fronteiras

Performers sin Fronteras

Performers saens Frontières

Performers without Borders

2019

Contato | Contact | Contacter | Contacto

performerssansfrontieres@yahoo.com

  • Performers sem Fronteiras